Um poema para Sandra e Pedro -Gabriel O Pensador

21:21 Lello Pensador 4 Comentários

Preto, branco
Branco, preto
Preto no branco
Branco no preto
Beijo, abraço
Abraço beijo
Beijo e abraço, abraço e beijo
Beijo e abraço e beijo

E o verde da esperança?
E o azul da cor do céu?
Ou azul da cor do mar
Porque o céu pode mudar
Fica azul quando tá sol
Fica cinza quando chove
Ou fica branco, bem branquinho.
Prarecendo de algodão
Também fica meio roxo, ou laranja, ou lilás
Quando o Sol tá indo embora e tá querendo ficar mais
Quando o Sol tá indo embora e tá querendo ficar mais
Avermelhado, parecendo um coração
É o sol que pediu pra pousar lá na varanda
Só pra poder iluminar o Pedro e a Sandra
É o sol que derrete a neve fria do rochedo
Só pra esquentar um pouco mais a Sandra e o Pedro
É preto
o peito do pé do Pedro é preto
É branca
A palma da mão da Sandra é branca

A Sandra é branca
O pedro é negro
E o Pedro e a Sandra ficam sempre de chamego

Preto, branco
Branco, preto
Preto no branco
Branco no preto
Beijo, abraço
Abraço beijo
Beijo e abraço, abraço e beijo
Beijo e abraço e beijo

4 comentários:

Vlad Salomão disse...

Nooo Lello, curti essa poeisa do Gabo. Essa está na revista?

Até hoje não comprei porque estou gastando muita grana aí não está dando, mas vou comprar.

Valeu!

Anônimo disse...

Amei o poema. Estamos ensaiando com as cças para uma apresentação em nossa cidade. abrção

Brian disse...

adorei muito legallllllll:)

beatriz disse...

amei,pois fala do preconceito que as pessoas tem
Com esse poema conseguir fazer uma apresentacao no colégio porque tem tudo aver
parabens pelo poema ! ! ! ! !