MV Bill - Não Acredito

21:08 Lello Pensador 2 Comentários

Letra do Mv Bill sobre a influência da Tv nas pessoas e ate
na nossa vida.

MV Bill - Não Acredito
Não acredito, se for preciso eu repito / Não boto fé no
pela saco que se transformou em mito / Evito
comparação, veja bem como estão / Acreditando na
imagem fabricada não pega nada / Na minha casa meu
batuque é diferente / Não queremos um boneco pra
representar a gente / Comandado por um controle remoto
não tem o meu voto / Faz de mim um descrente, não um
inocente / Que confia na cara safada

Que deslavada alimenta a ilusão / Pela televisão vejo
idolatria / A um rei que tem um reino que não merecia
/ Vicia no reinado, trata nós como coitado / Propaga a
putaria e não se sente culpado / Eu não acredito, na
vagabunda que mostra a bunda na revista / Depois que
fazer programa infantil / Vive intensivamente sua vida
de artista / E vira a página fingindo que ninguém lhe
viu / Vivemos numa placa tectônica / Aonde os versos
caem como uma bomba atônica / Atirador de Elite, da
quadrilha sinfônica / Função social, televisiva,
irônica / Quem não acredita que pague pra ver / A
reprodução da besta na "TV" / Na programação tentam te
esconder / Dizendo como você tem que ser / Quem não
acredita que pague pra ver / A reprodução da besta na
"TV" / Na programação tentam te esconder / Que é fácil
de ver / Eu também quero grana, tipo Tony Montana / Mas
não vendi a minha alma por causa da fama / Que engana
na malandragem praiana / E diz que nos ama / Quem
acredita senta na banana e explana / A ideologia
individualista / Sufoca o coletivo com um regime
nazista / Eu não acredito que a salvação virá de cima
/ Se aqui embaixo o esculacho deixa tenso o clima /
Perigo na sua frente, caixote reluzente... / Que da a
sensação liberdade escravizando a mente / Nem sente
que esta sendo traído / Por aquele que pedia pra gente
ficar unido, / Testando a sua fidelidade invade a sua
privacidade / Mostra incapacidade em quem virou
celebridade / Que perde a amizade mas não perde a pose
/ Sem qualidade com oportunidade ta em close / Quem não
acredita que pague pra ver / A reprodução da besta na
"TV" / Na programação tentam te esconder / Dizendo
como você tem que ser / Quem não acredita que pague
pra ver / A reprodução da besta na "TV" / Na
programação tentam te esconder / Que é fácil de ver /
Eu não acredito, veja como vive um povo aflito /
Promessa de um mundo mais bonito / Enquanto a terra
gira eu reflito, repito, conflito... / Quem sabe não
aprenda com a nova civilização / Nem todo aquele que
errou, vai merecer perdão / Tem gente que perde a
oportunidade e cai na maldição / E fica preso no
alçapão nadando com tubarões pra não / Virar comida de
leões / Conflito entre nações, massacrando multidões...
/ Fique na atividade você também / Não acredite pela
ganância, pelo poder não se tem limite

2 comentários:

Anônimo disse...

a musica não fala apenas da influencia da tv, fala da religião tbm !

Lello disse...

é verdade, bem lembrado cara.